“Posso fazer o exame de DNA grávida de 3 meses? O que é preciso pra realizar o exame?”

Como já respondido anteriormente, sim. Porém, só é recomendado se for em caso de extrema necessidade. Isso se dá pelo fato que todos os métodos de coleta de material fetal são invasivos oferecendo risco de aborto de até 1%, claro, dependendo das circunstâncias envolvidas. No seu caso, será feito uma coleta “viro-corial” que ainda poderá ser feita até a 14ª semana.

O e-DNA, no entanto, recomenda que o exame de DNA seja realizado após o nascimento da criança, utilizando métodos menos invasivos e de coleta mais fácil.

Deixe sua pergunta em nosso Formspring.

26 comentários sobre ““Posso fazer o exame de DNA grávida de 3 meses? O que é preciso pra realizar o exame?”

  1. Sara disse:

    DR.Eu estou gravida de 2 meses e meio e estou precisando fazer um exade de dna moro no ceara e o pai do meu filho ja esta mim enxendo dizendo que não é filho dele e coisas do tipo..
    Oque posso fazer um exame gora ou tenho que esperar o meu bebê nacer?

  2. fernanda disse:

    Olá…gostaria de saber sobre o exame de dna na gestaçao,quais os riscos,pois tenho descolamento de plcenta e miomas…

  3. Eduarda disse:

    Por gentileza gostaria de saber como fazer o exame de dna estou gestante aproximadamente de 6 meses preciso fazer o dna o quanto antes , e se alguem souber como é feito em detalhes o exame eu gostaria muito de saber !!! obrigada

  4. e-DNA disse:

    Olá, Juliene.

    O exame de DNA em gestantes só é recomendado se for em caso de extrema necessidade. Isso se dá pelo fato que todos os métodos de coleta de material fetal são invasivos oferecendo risco de aborto de até 1%, claro, dependendo das circunstâncias envolvidas. No seu caso, será feito uma coleta “viro-corial” que ainda poderá ser feita até a 14ª semana.

    O e-DNA, no entanto, recomenda que o exame de DNA seja realizado após o nascimento da criança, utilizando métodos menos invasivos e de coleta mais fácil.

    Em caso de dúvidas entre em contato conosco pelo telefone 0800 39 66 00 ou pelo e-mail: atendimento@e-dna.com.br

    O e-DNA agradece o contato

  5. nathalya disse:

    gostaria de saber se tem como eu fazer o exame de dna estou gravida de 1 semana e nessecito fazer o exame… obrigadoo

  6. fabio disse:

    Olá boa noite gostaria de saber qual o risco que o corre perante apos o exame de dna. gostaria de saber pois estou muito preocupado com oque pode acontecer a pessoa esta com 3 meses….

    qual é o risco

  7. e-DNA disse:

    Olá, Fábio.

    Todos os métodos de coleta de material fetal são invasivos oferecendo risco de aborto de até 1%, dependendo das circunstâncias envolvidas.

    Acesse este link para mais informações: http://www.e-dna.com.br/blog/o-exame-de-dna-pode-ser-feito-na-gravidez/

    Em caso de dúvidas entre em contato conosco pelo telefone 0800 39 66 00 ou pelo e-mail: atendimento@e-dna.com.br

    Acesse o site para realizar seu exame: http://www.e-dna.com.br

    O e-DNA agradece o contato

  8. wederson disse:

    o exame durante a gestaçao pode ser
    optado pelos pais e ser feito
    ou ele so pode ser feito se for de extrema urgencia

  9. e-DNA disse:

    Olá, Wederson.

    O exame de DNA pode ser feito na gestação, com consentimento das partes e, claro, entendendo todos os riscos possíveis. Porém, o e-DNA recomenda este tipo de exame somente em casos de extrema necessidade.

    Acesse este link para mais detalhes: http://www.e-dna.com.br/blog/o-exame-de-dna-pode-ser-feito-na-gravidez/

    Em caso de dúvidas entre em contato conosco pelo telefone 0800 39 66 00 ou pelo e-mail: atendimento@e-dna.com.br

    O e-DNA agradece o contato

  10. e-DNA disse:

    Olá, Moiriane.

    O exame de investigação de paternidade por DNA pode ser feito na fase pré-natal. Há duas técnicas: Invasiva ou não-invasiva. Para ambas se faz o preenchimento de uma documentação e o consentimento do suposto pai. No caso da técnica invasiva, deve ser colhida amostra do líquido amniótico, de fragmentos da placenta ou do sangue do cordão umbilical. Esse procedimento deve ser realizado por um médico e somente após a 14ª semana de gestação. Já no método não-invasivo, colhem-se amostras de sangue da mãe e do suposto pai, sem qualquer interferência direta no bebê. Embora seja um método simples na fase coleta e sem riscos, a técnica não-invasiva envolve uma maior complexidade na realização dos exames e por isso seu custo é maior.
    Caso queira aguardar o nascimento, disponibilizamos um kit para que a coleta do material seja feita em casa e direcionada para nosso laboratório. Um método simples e prático, feito com total segurança. Para maiores detalhes visite nosso site ou entre em contato conosco através dos canais de atendimento abaixo.

    Agradecemos à sua visita!

    Atendimento ao cliente
    http://www.e-dna.com.br
    Equipe e-DNA
    0800 039 6600

  11. Dayana da Rocha Rodrigues disse:

    Bom dia, minha ex cunhada está grávida de gêmeos, e está havendo rejeição da parte da atual do meu irmão. Gostaria que meus sobrinhos já saísse da maternidade registrados, mais o pai da criança disse que isso só irá acontecer depois do DNA.😑
    Fiquei muito chateada com isso, as crianças não teem culpa da irresponsabilidade dele. Então estou ak pedindo uma ajuda.
    *Como faço pra pedir um enxame de DNA?
    *O exame pode ser feito assim que as crianças nascerem, enquanto ainda estiverem na maternidade?
    (Dayana)

  12. e-DNA disse:

    Olá, Dayana.

    Se os gêmeos forem univitelinos a investigação de paternidade pode ser feita através do teste DNA padrão TRIO onde é feito a comparação direta das amostras do suposto pai e mãe biológica com a de um dos supostos filhos, se não, através do teste Personalizado por comparação direta das amostras do suposto pai com as dos supostos filhos. Ambos os testes podem ser realizados a partir do 1° dia de vida. Caso tenha interesse no serviço, disponibilizamos um kit para que a coleta do material seja feita pelo próprio cliente e direcionada para nosso laboratório. O exame pode ser adquirido em nosso site. Estamos à inteira disposição para demais esclarecimentos nos canais de atendimento abaixo.

    Agradecemos à sua visita!

    Atendimento ao cliente
    http://www.e-dna.com.br
    Equipe e-DNA
    0800 039 6600

  13. e-DNA disse:

    Olá, Beatryz.

    Não foi possível entender se será investigada a sua paternidade ou a do seu bebê. Caso seja a sua, fique tranquila, a gravidez não afetará a análise do seu DNA e por tanto o seu resultado. Se for a do seu bebê, você pode recorrer ao método não-invasivo onde serão coletadas amostras de sangue da mãe e do suposto pai. Embora seja um método simples na fase de coleta e sem riscos, a técnica não-invasiva envolve uma maior complexidade na realização dos exames e por isso seu custo é maior. Caso queira aguardar o nascimento, o teste de Paternidade pode ser realizado a partir do primeiro dia de vida e você pode solicitar no website do e-DNA um kit para que a coleta do material seja feita em casa e direcionada para nosso laboratório. Um método simples e prático, feito com total segurança. Acesse nossa página clicando no link abaixo e saiba mais.

    Agradecemos à sua visita!

    Atendimento ao cliente
    http://www.e-dna.com.br
    Equipe e-DNA
    0800 039 6600

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>